pt | es | en

Thésis [Edição 04]

Tropical Hotel de Manaus (1963) de Sérgio Bernardes: Turismo, modernidade e invenção

Ricardo Alexandre Paiva, Paula Vale de Paula

Resumo

O artigo tem como objetivo investigar a relação entre a inserção da atividade turística como estratégia de modernização e Integração Amazônica e os princípios modernos adotados na primeira proposta para o Tropical Hotel de Manaus (1963), analisando como o caráter utópico do projeto concebido por Sérgio Bernardes se alinhava à dimensão econômica, política e simbólica dos agentes envolvidos no processo. Para tanto, o artigo se organiza em duas partes, a saber: análise da dimensão econômica, política e simbólica do projeto, identificando o papel do Estado, da Companhia Tropical de Hotéis e do arquiteto no processo de concepção do empreendimento; e análise do projeto utilizando como parâmetros: a contextualização e implantação do objeto arquitetônico; espaço arquitetônico e interações funcionais; linguagem arquitetônica e aspectosformais; sistema estrutural e construtivoe aspectos ambientais. Por fim, a pertinência deste estudo, inserida emuma pesquisa mais ampla sobre a relação entre o turismo e a arquitetura moderna, se justifica em função das transformações e dinâmicas socioespaciais contemporâneas, que têm provocado e ameaçado gradativamente e aceleradamente a manutenção e conservação deste importante legado do modernismo arquitetônico, sendo a documentação dos hotéis modernistas no Brasil uma premissa para a preservação do acervo remanescente.


Texto completo

PDF

desenvolvido por